Tendências de consumo em embalagens de alimentos

Tendências de consumo em embalagens de alimentos

É cada vez maior a influência das redes sociais na vida dos brasileiros, o que traz impactos em vários aspectos, como comportamental, profissional e de consumo de embalagens! Continue a leitura!

O acesso à informação em tempo real trouxe demandas até então inéditas por parte dos consumidores. Eles buscam saber mais sobre os processos envolvidos de empresas com as quais estabelecem relações. Assim como tendências em saudabilidade e sustentabilidade.  

As práticas de uma organização e o funcionamento da sua cadeia de produção, assim como a transparência de sua gestão, se tornaram quase tão importantes quanto os produtos em si.

O papel e o consumo de embalagens

Nesse sentido, o papel da embalagem e sua influência, em especial no segmento de alimentos, vai além da proteção e conservação. Afinal, uma embalagem adequada pode ser também uma forma de conquistar os consumidores em potencial. Não se trata apenas de uma questão de design, mas sim de praticidade, adequação ao produto acondicionado e, ainda, a clareza nas informações transmitidas por meio da embalagem. Ou seja, todo o universo de tendências de consumo em embalagens.

O mesmo consumidor que busca por alimentos mais frescos e saudáveis demanda também que as embalagens utilizadas sejam de qualidade. Materiais leves e de maior resistência se tornaram exigência comum. Quanto ao tamanho e formato, elas mudam de acordo com cada perfil de público.

Dados do relatório Tendências de Embalagens em Alimentos e Bebidas — Brasil, divulgado pela Mintel, empresa focada em pesquisas de mercado, 36% dos consumidores afirmaram ter interesse por alimentos e bebidas com embalagens que listem os ingredientes na parte da frente do rótulo. Outra tendência são as embalagens com materiais que sejam percebidos pelo consumidor como ‘saudáveis’ ou de alta qualidade. 

Consciência na produção de embalagens

Não menos relevante é a redução do volume de resíduos e materiais poluentes que são descartados na natureza. Sendo assim, existe a busca de um estilo de vida mais consciente e minimalista. Essa é uma tendência que se reflete de forma direta em exigências para as embalagens de alimentos.

Dessa forma, é cada vez mais importante uma análise criteriosa sobre a melhor opção em embalagem para cada produto de modo a transmitir a confiabilidade do produto para o consumidor. 

De acordo com uma pesquisa realizada pelo Instituto de Tecnologia (ITAL), além de procurar por empresas sustentáveis e que apresentem seus produtos de forma ética, o consumidor presa pela identidade visual, conveniência, qualidade e inovação e segurança do valor.

Fonte: ITAL.

Gostou desse conteúdo? Assine nossa newsletter para ficar por dentro de temas como esse!

    Deixe seu comentário aqui

    Fale conosco via
    WhatsApp