Quais os principais cuidados na hora de finalizar seu arquivo para impressão de embalagens

Quais os principais cuidados na hora de finalizar seu arquivo para impressão de embalagens

Para que tudo ocorra bem com a impressão de embalagens, são necessários alguns cuidados preciosos. Então, entenda quais são e evite problemas futuros!

A impressão de embalagens requer atenção especial em todas as etapas. Isso porque uma pequena desatenção pode causar um prejuízo ou um resultado menos satisfatório do que o previsto. Sendo assim, confira os principais cuidados na hora de finalizar o arquivo:

Impressão de embalagens: cuidado ao finalizar o arquivo

O processo de produção de embalagem envolve muitos profissionais e a finalização do arquivo é uma das etapas mais importantes. Por isso, esse é o momento de conferir se está tudo aprovado para iniciar a impressão e, assim, evitar possíveis problemas. 

Por isso, seja cuidadoso com:

Cores e tonalidades para impressão de embalagens

As cores podem sofrer algumas mudanças de tonalidade de um programa para o outro, por isso, é necessário utilizar uma padronização. Dessa forma, quando o arquivo é finalizado em RGB ele sofre uma conversão automática na hora da impressão que causa alterações. Então, procure utilizar o padrão CMYK e a escala Pantone na hora de estabelecer as cores e, assim, garantir que a tonalidade que deseja como resultado final seja respeitada.

Atenção: um caso especial é a cor preta. Ela pode ter alteração de tonalidade mais facilmente, fique atento durante a aprovação do arquivo final!  

Imagens em boa qualidade

Para a impressão de uma embalagem ficar 100% satisfatória é fundamental que a qualidade das imagens impressas seja excelente. É fundamental que a nitidez seja mantida, por isso, confira se a resolução da imagem está adequada, de no mínimo 300 DPIs. .

Margens e Sangrias

Para evitar cortes indesejados, lembre-se de considerar o espaço das margens e a sangria da arte, com pelo menos 3mm. Caso não tenha esse cuidado, a arte pode ser comprometida, ficar sem um pedaço e a embalagem não ficará como planejada graficamente.

Sombras, texturas e gradientes

Esses três pontos fazem toda a diferença nas impressões, pois eles integram efeitos cruciais. Entretanto, é necessário que eles sejam elaborados cuidadosamente. Confira no arquivo final se não há quebras bruscas entre as tonalidades e se não há falha nos efeitos pretendidos. Com o arquivo ainda aberto é possível realizar esse tipo de correção facilmente, o que se torna impossível após a impressão do material.

Texto para impressão de embalagens

Um erro gramatical, de digitação ou de concordância no texto pode render um impacto negativo muito grande para a marca, gerando descredibilidade. Por isso, invista na revisão dos textos quando o arquivo estiver em fase de finalização e certifique-se de que o texto comunica bem o conceito e as informações do produto. Caso precise de ajuda para a revisão, contrate um profissional capacitado para esse tipo de serviço. 

Além disso, é imprescindível que os textos estejam em vetor/curvas no arquivo final para garantir que não aconteça uma troca de fonte ou deslocamento de texto indesejável.

Formato e dimensões

Envie o arquivo em um formato que seja compatível ao da convertedora que fará a impressão. Esse cuidado é indispensável para evitar distorções, alterações nas cores, incompatibilidade de arquivo, entre outros problemas. 

Além disso, outro cuidado fundamental é conferir se as dimensões do arquivo estão corretas para a embalagem necessária.

Branco, cores especiais e vernizes

Caso o arquivo possua um branco diferenciado com áreas de reserva, cores especiais, ou aplicação de verniz fosco em áreas específicas, é preciso deixar essas informações bem claras e definidas para evitar interpretações equivocadas e atingir o resultado desejado.

Gostou desse conteúdo e quer receber outros conteúdos sobre o universo de embalagens? Assine a nossa newsletter.

Fale conosco via
WhatsApp